January 31, 2018

Please reload

Posts Recentes

Constelação Familiar não tem a ver com Religião

July 6, 2017

 

 

O Instituto Ipê Roxo de Constelação Familiar esclareceu em um de seus artigos a dúvida de muitas pessoas que ouvem falar sobre Constelação Familiar e acham que tudo tem a ver com religião ou especificamente espiritismo. Entenda como a Constelação Familiar funciona: 

 

A Constelação é um processo que faz parte da ciência fenomenológica, embasada em teorias científicas e pela filosofia percebida e aplicada pelo psicoterapeuta alemão Bert Hellinger.

A confusão existe pois na constelação é falado sobre os antepassados e a influência que eles exercem sobre nós, mesmo depois de mortos. A constelação fala também de alma, que muitas vezes ligamos a um conceito de construção religiosa.

É interessante esclarecer o que a constelação quer dizer por antepassados: São todas as pessoas que viveram e tiveram parte no nosso sistema familiar. Nossos pais são nossos antepassados, assim como nossos avós, bisavós e assim por diante.

Eles nos influenciam, mesmo depois da morte pois são a base da construção na qual vivemos: sua cultura e sua forma de pensar está dentro do nosso ser, de alguma forma sempre chega a nós.

Também é importante notar que isso não exclui as crenças que acreditam em outras vidas e nas influências que estes podem ter sobre nós. Mas esse conhecimento não faz parte do que é a Constelação e da forma como nós trabalhamos aqui em nosso Instituto.

Quando Bert fala da alma, ele traz a ideia do que é verdadeiramente nossa essência, o que nos compõe, aquilo que se manifesta em nós além do nosso corpo físico, as nossas emoções, o nosso sentir. Nesse sentido, nossa alma clama por pertencimento, clama por ordem e clama por equilíbrio.

Nossa essência quer ter seu lugar assegurado no sistema a qual faz parte. Novamente, não excluí-se as religiões que acreditam numa alma extra-corpórea, mas não é nesses termos que fala a constelação familiar.

Não é algo mágico ou sobrenatural

A Constelação não é mágica nem sobrenatural.  É algo que trabalha dentro da Fenomenologia, ou a ciência dos fenômenos e com informações bem concretas.

O cliente chega com algo concreto que gostaria de olhar, como um problema de relacionamento com o pai, ou dificuldade em prosseguir em sua vida profissional. Em poucas palavras, e de forma bem direta, ele coloca o assunto para qual gostaria de olhar.

 

Ao colocar os representantes no campo, o terapeuta e o cliente observam os movimentos que se originam do sistema familiar do cliente, chegando a uma nova imagem e informação da dinâmica que atua.

A própria observação da Constelação é uma atitude do cliente em direção à mudança. Muitas vezes os movimentos que aparecem numa constelação reverberam no sistema familiar do cliente. Isso acontece pois o cliente também é parte do sistema, e, quando ele muda, o sistema todo é afetado pela mudança.

Ainda assim, é a postura ativa de se perceber o que se viu e colocar em prática no dia-a-dia que traz os maiores resultados.

Por isso, não há mágica na constelação. Os resultados são reservados para os cliente que assumem a responsabilidades por sua vida e trocam uma postura de passividade, vitimização ou terceirização da responsabilidade por uma postura proativa, com base no que foi observado em sua constelação.

 

Texto retirado do site do Instituto Ipê Roxo, disponível na íntegra no link: https://iperoxo.com/2017/06/13/o-que-nao-e-a-constelacao-familiar-de-bert-hellinger/ 

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Please reload

  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle

© 2023 por  Juliana Foggaça.